Quais são os tipos de trigo e suas importâncias?

Que todo mundo consome algum tipo de alimento que tem trigo na sua composição isso todos nós já sabemos e que o consumo do mesmo vem cada vez mais crescendo. Segundo a a consultoria StoneX, a safra de trigo do Brasil em 2022 deverá registrar um crescimento na área plantada de 20,6% ante o ciclo anterior, para 3,4 milhões de hectares, com impulso de preços mais altos em meio à guerra na Ucrânia que devem estimular investimentos na cultura. Porém existem tipos de trigos diferentes e cada um tem uma função muito importante para produção de alguns tipos de alimentos, e é sobre isso que iremos falar hoje!



Um dos ingredientes mais presentes na culinária mundial, o trigo é o ingrediente principal para receitas culturalmente famosas como pães, bolos e massas. Desde sua descoberta e plantação nos tempos antigos até os tempos atuais ele continua fazendo sucesso, hoje disponível no mercado em diferentes versões como farinha e até grãos. A sua principal função é que dentre os grãos, a farinha de trigo é única em sua grande capacidade de produzir glúten. Essa proteína dá força e elasticidade à massa sendo responsável pela textura e maciez que a gente conhece e adora.


TRIGO DURO

O trigo duro é um tipo de trigo muito rico em proteínas, pobre em glúten e tende a ser bem denso. É frequentemente considerado uma das formas de trigo mais importantes do ponto de vista nutricional e é frequentemente encontrado em massas. Em comparação com outras variedades de trigo, tende a ser muito pesado, o que pode dificultar o seu uso em pães e outros produtos assados ​​que precisam de uma qualidade mais leve e arejada; é frequentemente valorizado nos pães achatados e nos pães mais grossos do Oriente Médio e do Norte da África, mesmo pesquisadores acreditando que ele surgiu na Europa Oriental e do Norte da África.



TRIGO MOLE

Já o trigo mole é mais usados para a indústria da moagem e panificação (em biscoitos, tostas, cereais de pequeno almoço ou produtos de pastelaria), ele exige menos força durante a moagem, os grânulos de amido quebram em menor quantidade. O ponto de fratura é pelo conteúdo interno das células, indicando que a interação interna é fraca. Comparado com o duro, o teor de proteínas é menor e indicado para bolos e biscoitos.




E você, sabia dessas diferenças? para mais conteúdos como esse basta assinar nossa news!



2 visualizações0 comentário